Consumidor injustamente acusado de usar cédula falsa será indenizado em R$ 5 mil

Consumidor injustamente acusado de usar cédula falsa será indenizado em R$ 5 mil.

Uma situação constrangedora vivenciada por um consumidor em um supermercado da Grande Florianópolis resultou em uma decisão favorável na justiça.

O homem, ao tentar pagar suas compras com uma nota de R$ 50, foi acusado injustamente de portar uma cédula falsa.

Agora, o estabelecimento será obrigado a pagar uma indenização de R$ 5 mil ao cliente.

A decisão da 2ª Vara Cível da comarca de São José foi mantida em apelação pela 5ª Câmara Civil do TJSC, evidenciando a falha da suspeita inicial e o constrangimento causado ao consumidor.

O incidente e as alegações do supermercado

A situação teve início quando a operadora de caixa do supermercado desconfiou da autenticidade da nota de R$ 50 apresentada pelo consumidor.

O homem explicou que havia recebido a cédula como troco após pagar contas em uma lotérica próxima.

No entanto, a partir desse momento, ele foi retido no local, aguardando a chegada da polícia, que foi acionada pelo supermercado.

A decisão favorável ao consumidor

Após constatar que a suspeita inicial era infundada, o consumidor decidiu entrar com uma ação de indenização.

A decisão do juízo de origem foi favorável ao cliente, entendendo que houve constrangimento injusto.

O supermercado, por sua vez, recorreu da sentença, alegando que não houve nenhum constrangimento e que foi o próprio autor quem solicitou a presença da polícia.

No entanto, a empresa não conseguiu comprovar suas alegações, e a decisão da 2ª Vara Cível foi mantida pela 5ª Câmara Civil do TJSC.

O testemunho de outros consumidores

Durante o processo, testemunhas que estavam presentes no supermercado no momento do incidente relataram o ocorrido em juízo.

Elas afirmaram ter presenciado um tumulto e a presença da polícia, que acompanhou o consumidor até a lotérica, onde a autenticidade da nota foi confirmada.

Esse relato corrobora a versão do cliente, reforçando a existência do constrangimento causado pela acusação infundada.

Consumidor injustamente acusado de usar cédula falsa será indenizado em R$ 5 mil

O caso do consumidor injustamente acusado de portar uma cédula falsa no supermercado da Grande Florianópolis demonstra a importância da justiça em reparar situações de constrangimento e danos causados aos clientes.

A decisão unânime da 5ª Câmara Civil do TJSC em manter a indenização de R$ 5 mil ao consumidor reforça a responsabilidade dos estabelecimentos em tratar seus clientes de maneira justa e respeitosa.

A decisão serve de exemplo para a conscientização de todos os envolvidos no atendimento ao público, promovendo um ambiente mais justo e acolhedor para os consumidores.

Fonte: TJSC

Leia também

+ O que fazer quando produto apresenta defeito mais de uma vez

+ Golpe do delivery: empresa deve ressarcir consumidora

+ Larva em bombom gera dano moral

Imagem de pikisuperstar no Freepik

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima